Top 10 – Lugares para comer em Dublin

15 Flares Twitter 0 Facebook 13 Google+ 1 Pin It Share 1 Filament.io 15 Flares ×

comer em dublin
Dublin não é o melhor destino para quem quer fazer turismo gastronômico. Aliás, a Irlanda inteira. Não que você não vá encontrar coisas boas, mas o país não é famoso pelas suas delícias na cozinha. A Irlanda tem a sua economia muito baseada no meio rural e é normal encontrarmos os produtos provenientes dessas atividades em forma muito mais natural e saudável do que encontramos aqui. O leite, por exemplo, é vendido fresco, em garrafas que ficam na geladeira – garanto que sem álcool :p. E é muito comum encontrar no supermercado produtos como carneiro e peru em bandeijinhas e algumas vezes com o preço bem melhor do que a carne de gado ou frango. Mas a estrela mesmo é a batata. Ela é o carro chefe da alimentação de todo o irlandês. E por ser um produto em abundância no país, o custo dele é bem baixo. Era possível encontrar sacos de 5kg, 7kg de batata por menos (bem menos) de € 10. E as batatas congeladas estilo McCain lá custavam cerca de € 1,50 o pacote com 1kg.

Mas para turismo, você quer conhecer um pouco da alimentação local sem precisar cozinhar e, para a maioria dos viajantes, pagar pouco. Bem pouco. Como eu morei lá, eu consigo dizer um bom número de produtos disponíveis nos supermercados Tesco e Lidl e, se duvidar, ainda dizer quanto eu pagava. Por causa disso, não frequentei muitos restaurantes. Fazer comida em casa é muito mais barato em qualquer lugar. Mas, ainda dá para fazer uma listinha com 10 lugares/dicas para você comer em Dublin: bem, barato e ainda ter uma ideia de como os locais vivem.

1) Spar, Centra e Londis

Esses três nomes são diferentes tipos de lojas de conveniências que têm por aquelas bandas. Acho que não seria exagero dizer que toda a rua, pelo menos nas regiões mais centrais de Dublin, tem pelo menos uma filial de uma dessas redes. São parecidas com as lojas do mesmo tipo encontradas aqui. Por tanto, são mais caras. Para comprar comida mesmo só em alguma promoção especial ou em emergências mesmo. Mas para refeições rápidas elas são excelentes. Como no centro da cidade tem uma em cada esquina, os dublinenses que não têm o costume de fazer as chamadas refeições quentes no almoço aproveitam e compram lanches para sair comendo na rua mesmo. Sim, o pessoal come de boa caminhando pelo centro da cidade. Sempre achei bem engraçado isso, mas pode ser um costume bem vantajoso. Ninguém vai estranhar se você tirar um sandubão da bolsa e começar a comer enquanto olha uma vitrine.

Nessas lojas, você pode encontrar opções para café da manhã, com croissants, muffins e bagels e café e chocolate quente. Além disso, eles vendes os famosos sausage rolls (enroladinho de salsicha, no bom português). Eu particularmente achei eles horrorosos. A salsicha irlandesa é muito diferente (diferente para pior, na minha opinião) da nossa. Mas o que é bom nesses locais são os meal deals. Que são opções casadas, tipo McDonalds que vem com fritas e refrigerante. São baguetes, ou paninis, com a opção de três recheios (fillings) mais um refigerente. O preço médio era de € 5. É sempre bom dar uma ‘pesquisada’. Tem dias que o Londis tem uma oferta melhor que a do Spar, e vice-versa. Eu saía da aula e passava numa dessas lojas e comprava o meu. Sempre com bacon, queijo,  milho e catchup (não julguem!) e uma coca-cola. Eu comia tranquilamente no ônibus na volta pra casa. Um dica: geralmente você pode escolher entre água e refrigerante, mas eles vão estar na temperatura ambiente. Eu como boa brasileira, gosto da minha coca-cola gelada. É só trocar a latinha (ou garafa) que a moça te deu pelas que ficam nas geladeiras do lugar antes de ir para o caixa. Mas essa é só uma das opções que tem nessas lojas. Dá para fazer um lanche no meio do dia pagando bem pouco.

2) Restaurantes chineses All you Can Eat (Como o quanto puder)
Meu prato supersaudável   SQN
Meu prato supersaudável SQN

A maravilhosa lógica de buffets em geral não é comum fora do Brasil. Em Dublin, essa foma de comer está sendo introduzida pelos restaurantes chineses e faz bastante sucesso entre os brasileiros. Eu acredito que seja muito mais pela quantidade de comida do que pela qualidade. Foi num desses restaurantes que eu fiz a minha primeira refeição de verdade na Ilha. No último andar do shopping Stephen’s Green, que fica no final da Grafton Street, um buffet livre de comidas orientais e mais uma garrafa de refrigerante ou água, sai por € 9,90. Achou barato? Do outro lado do Rio Liffey tem muito mais. Na 58/59 da Abbey Street Middle, tem o Full House por menos de € 7. Na região, é possível encontrar outros do mesmo estilo e com preço parecido. Como eu disse, a popularidade desses restaurantes vale muito mais pela quantidade. Achei a comida em ambos restaurantes bem pesada e gordurosa. Mas com certeza valeu a experiência.

3) Bewley’s

comer em dublin

Dê uma pausa nas compras na Grafton Street e aproveite um cafezinho nesse prédio histórico. O Bewley’s da Grafton foi inaugurado em 1927 e continua até hoje a atrair irlandeses e turistas. Dublin não tem muitas padarias e confeitarias, mas no Bewley’s você encontrará delícias como bolos, muffins, tortas, cupcakes, scones. Sem falar que o próprio prédio é uma atração turística. A construção foi inspirada nos cafés de Viena e Paris, sua fachada tem elementos egípcios e no interior é possível apreciar vitrais feitos pelo artista irlandês Hary Clarke. E os preços são bem acessíveis. Com € 7 dá para tomar um capuccino e comer um delicioso bolo de chocolote.

4) Eddie Rockets

Não fui a esse restaurante. E esse fato está entre os meus arrependimentos. A proposta toda é bem bacana e acredito que valha a visita. Sabe aquelas lanchonetes de filmes americanos dos anos 50? É assim o cenário do Eddie Rocketes. O cardápio é formado por hamburguers e milkshakes e a decoração é um barato. São várias unidades espalhadas pela cidade. No centro, dá para conferir nas ruas Anne (nos arredores da Grafton), Dame, O’Conell e Parnell. Existe um menu bem variado de hambúrgueres, fritas, milkshakes e sanduíches. Os preços são bem honestos. Um dos hambúrgueres duplo com cheddar e bacon mais refrigerante e fritas sai por cerca de € 13.

Comer em Dublin

5) Kebab

Está por todos os lugares em Dublin e nos arredores. É só ficar de olho nos lugares com aquele imenso bloco de carne girando num espeto. Isso é um kebab. Existe até uma rede de fast food especializada: a Abrakebraba. Nessa rede, dá para levar um meal deal por menos de € 10. Nunca tive coragem de experimentar, sabe se lá o que tem naquela carne, né? Mas para os mais corajosos é uma boa pedida.

6)Take Away

Dublin é repleto de pequenas lojinhas de Take Away, ou seja, comida para levar. Em geral dá para comprar pizza, hambúrgueres, chips e outros tipos de fast food. Dá para comer bem por menos de € 10. Algumas têm umas poucas mesinhas e você pode comer lá mesmo. A maioria é só entrega no balcão. Mas não deve ser um problema, como eu já disse é comum o pessoal sair pela rua comendo.

7) Yo! Sushi
Comer em Dublin
Essa é uma das unidades da Inglaterra, mas dá para ver toda a lógica de funcionamento

Adoro o conceito desse restaurante. Parece saído de joguinhos de comida japoneses: as pessoas sentam em volta de um balcão e a comida fica passando em uma esteira. As combinações de sushi e outras especialidades japonesas ficam dentro de potinhos redondos com a tampa transparente. A parte debaixo é colorida e a cor indica o preço de cada combinação.

O Yo! Sushi é uma cadeia de restaurantes inglesa e tem duas filiais em Dublin. Uma na Clarendon Street, atrás da Brown Thomas da Grafton Street e outra no Shopping Dundrum. O preço aqui sobe um poquinho em relação aos outros, mas por volta de € 20 dá para ter uma refeição bacana no Yo Sushi!

8) Moore St Mall

Esse centro de compras fica na Parnell Street, ao lado de um supermercado Lidl pela Moore Street. O interessante desse lugar é a variedade de comidas. Existem lojinhas e restaurantes de vários países. Tem até lojinha e restaurante brasileiro. Mas se você estiver na Irlanda só a passeio não vai querer comer feijão e arroz, não é mesmo? Então aproveite a diversidade de comidas asiáticas e africanas.

9) Early Bird

Aqui não é uma dica de local específico. Vários restaurantes oferecem um menu chamado Early Bird. Cuide as plaquinhas nas ruas. É uma espécie de menu executivo, mas a chave para aproveitar as promoções é o horário. Normalmente os valores especiais são oferecidos para refeições realizadas entre às 17h30 e 19h30 e cobrem um menu com entrada, prato principal e sobremesa. É uma forma mais barata de experimentar a cozinha irlandesa indo além dos fast foods.

10) Irish Breakfast

comer em dublin

Ovos fritos, salsichas, bacon, bolo de batata, cogumelos, morcela branca e preta e o feijão doce. Esse é o café da manhã irish completo. E o mais legal de tudo é que você pode provar esse ‘prato típico’ em diversos pubs. Por exemplo, no O’Neills na Sulfolk Street, 2, entre a Trinity College e a Grafton Street, o Irish Breakfast completo é € 6,95 e ainda tem uma opção mini por € 4,95.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *